17/06/2008

in finito

no chuveiro
a Musa
irriga
a pele
solo fértil
( a parede
do
Mistério )

: germina
poesia
acaricia
versos
lambe rimas
morde eros

e
eu sinto
suas prêsas
fixas
no instante
( em mim )

e sorrio
eu sou rio
& sou mar
gens.

3 comentários:

sôdoida disse...

Gente, uma Loba tomando banho dá muito pano pra manga, né? Já eu, tadinha, dou mal um guardanapo (e de papel!!!) kkkkkkkkkkkkkkk
Bjo, bjo e mais mil bjos!

Poesia! disse...

Prezado wilson,
me chamo silas e faço parte da equipe do blog "o fogo anda comigo", por gentileza, nos envie sua pessoa em versos!
teremos enorme prazer em divulgar sua poesia em nosso humilde espaço!
envie para ofogoandacomigo@yahoo.com.br, no aguardo (expectativa)...

Cynthia Lopes disse...

Meu poetamigo, só imagino seu próximo livro! bjsss