06/06/2008

arTesão

eriço
teus pêlos
todos
enquanto

teço
Passagens
secretas

de entrada
de saída
no Tempo
no Espaço

- em Você.

4 comentários:

Dora disse...

Seu moço-poeta-artesão...Eu leio aqui todos os dias...Pode crer.
Mas, as palavras vão se escasseando para falar de tanta produção boa!
Gosto de praticamente tudo que sai de sua pena, de seu coração, de sua pessoa inteira...Então, "considere-se" sempre lido e comentado!!!!!! a cada poema aqui...
Beijos da fã de carteirinha.
Dora

Eliane Alcântara. disse...

Uia que delícia estar aqui : ) Amei cada poema, mas confesso que 'Brinquedos'... Uau! Seduziu-me. Parabéns Poeta. O blog está divino. Beijo de fim de semana.

sôdoida disse...

Em mim, é? Oba, oba, oba!!! :-D
Wilson, tô enviando meu endereço pelo uivódromo, e ó: se quiser vir junto, não faça cerimônias, eu vou adorar! :-| Bjo, queridão!

Cynthia Lopes disse...

Adorei o novo espaço e o astral mais suave, azul, além dos versos mais cobiçosos! bjsss