04/07/2008

Trama

quando a gente se abismar
( Corpo beirando Corpo )
todas as linhas do mapa
vão tecer nosso Destino
então vamos nos perder

costurados Um no Outro

e na paisagem
onde Tudo será
o mesmo emaranhado de Nós.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

POETANDO JUNTO:

Tez.

quando a gente se tocar
(pele tatuando pele)
todas os poros do corpo
vão denunciar nosso Desejo
então vamos nos entregar

-Um ao Outro-

ao prazer silente
que grita promíscuo
dentro de nós.

Ana Poeta
.

6 comentários:

loba disse...

eu queria que este fosse meu! vc me dá? rs...
beijo!
ps. vou ficar fora uns dias e quero ver um montão de eróticos na volta viu? rs

Shi disse...

Ah, eu nem vou ficar fora, só vou ter saudades da madame Loba. Mas num quero um montão de eróticos não - quero um Wilson de tudo quanto é jeito! Mas se for erótico, melhor ainda! rs. Bjo, querido!

ana poeta. disse...

Wilson.


Pela primeira vez aqui e já atrevendo-me a deixar meus versos inacabados inspirados nos teus q são indubidavelmente avassaladores...


Tez.

quando a gente se tocar
(pele tatuando pele)
todas os poros do corpo
vão denunciar nosso Desejo
então vamos nos entregar

-Um ao Outro-

ao prazer silente
que grita promíscuo
dentro de nós.

Desculpe a invasão.

Beijos Poéticos.
;***

Bill Stein Husenbar disse...

Fiquei encantado ao descobrir este blog.

Parabéns.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Bill Stein Husenbar disse...

Fiquei encantado ao descobrir este blog.

Parabéns.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Stella disse...

Wilson, proposta indecente que vc me fez, hein? Topei, ué. Tinha pra onde correr?