26/07/2008

Coletânea



Estou participando com 20 poeminhos
leia mais aqui: Celeiro
.

9 comentários:

loba disse...

lembra de mim? sou aquela que te ama muitooooooo!!!!!!!!!!! rs...
ah poetinha, ando com saudades mas sem tempo nenhum! e tou feliz demais de te saber em outro livro, viu? curiosa aqui pra ler e ler e ler!!! rs...
um beijo gostoso!!!

alex pinheiro disse...

Eita que deve ser bom estar nos livros por aí,,,
Algo me inquieta pra colocar no papel o que tenho... aiaiviw! rs

Abraços e novas invenções!

RESSACA disse...

Aqui nasceu o Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

l. rafael nolli disse...

Antes de mais nada, parabéns pela publicação meu camarada! O poema aí em baixo revela muito dessa coisa de escrever. As vezes, sem que se perceba ou se programe, é na poesia que vamos nos encontrando, descobrindo algumas de nossas cavernas - acho isso fascinate. Gostei!

loba disse...

cadê tu, poetinha? ainda naufragado nos mares internauticos? rs...
beijoconas

Bill Stein Husenbar disse...

Parabéns

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Shi disse...

Wilsooooooooooooooooooooooooonnnn!!
Cara, tô aqui me deliciando com meu presentinho recém-adquirido. :-D
Vc é, definitivamente, um FOUFO! rs
E aquela dedidatória, tão... sexy! kkkkkkkkkkkk
Um bjo, obrigadão!!!!

Tânia disse...

Fui conferir seus poeminhas (poemãos isto sim)

Até eu que sou nova aqui no seu espaço já estou com saudade.

Beijos

Dora disse...

Wilson. Eu não quero desculpas. Poeta tem uma missão e um dever...Até para com os companheiros blogueiros. ( E a saudade?)
Volte aqui. E se comporte, despejando linhas prá nós...
Beijos, poeta bonito!
Dora